domingo, 21 de abril de 2013

CATARINENSE E SÉRIE B

Prezados Avaianos,

ando um pouco afastado das postagens, por falta de tempo e pelo fato de meus companheiros de blog abordarem e esgotarem os assuntos do Avaí de forma brilhante, mas gostaria de tecer alguns comentários analisando tudo que tenho visto e ouvido por aí...

Primeiramente gostaria de falar do Avaí do Estadual, que chegou as semi-finais muito mais pela fragilidade dos adversários, que propriamente pela qualidade do futebol apresentado. Mesmo assim chegamos e agora tudo pode acontecer, ainda mais quando se trata de uma camisa tão pesada como a do Avaí. Mas, mesmo contando com a força de nossa camisa, com tradição de crescer em momentos decisivos, é preciso avisar ao Técnico Ricardinho, que me parece ainda não conhecer bem o elenco, algumas coisas:

- Alê e Eduardo Costa disputam posição, ambos são primeiros volantes e não devem jogar juntos. Não coloca o Eduardo de 2º volante pois ele não vai render e vai prejudicar a equipe;

- Marrone, nesse elenco que temos joga de perna amarrada e olhos vendados. Único 2º volante de qualidade que temos. Tem força, dá dinâmica e chega com facilidade à frente;

- Mesmo com a antipatia da torcida e a má vontade da imprensa, Julinho nesse time é titular com uma perna só. Ele é titular tanto na lateral, como no meio ao lado do Marquinhos, como no ataque ao lado do Reis. Não que eu ache ele um "monstro", mas diante do que temos, joga fácil, pelo menos tem velocidade, finaliza bem, parte pra cima,... nos irrita muitas vezes, mas é meu lateral titular, pois Paulinho e Aelson são horrorosos;

- Chega de Rodriguinho!!!!!!!!!! É horroroso. O Ataque é Roberson e Reis e ponto. Por falar em Reis, ele tem que jogar próximo ao gol, próximo à area ou dentro dela. Ficar recuando para busca o jogo ou jogando pelo lado do campo vai matá-lo e matar nosso ataque;

- Ricardinho não é volante, não marca ninguém. Também não é meia, ou seja, fraco;

- Maranhão não é jogador de futebol...;

O time é esse: Diego, Arlan, Pablo, Alef ( Tem que dar uma conversada com o garoto pois caiu muito o rendimento) e Julinho; Eduardo Costa, Marrone, Marquinhos e ?????????????? Aí complica, pode ser Higor, Ricardinho ou Alê... Alê ou Ricardinho se quiser reforçar a marcação no meio, liberando mais o Arlan e o Julinho. Higor, se quiser colocar outro meia, pois é o único que temos; No ataque, Roberson e Reis.

Agora falando em série B, contratações... gostaria de salientar que nosso time é muito ruim e precisa de muito. Queria de dizer que Marquinhos, Cleber Santana e Lincon podem jogar juntos perfeitamente. Marquinhos como 3º homem, Cleber como 4º e Lincon como 2º atacante. O que não pode é jogar Maranhão, Nadson e Rodriguinho. Já jogamos com Robinho e Davi juntos, que são horrorosos, como não podemos jogar com esses craques. Craques sempre podem jogar juntos, eles acham seus espaços. Então, se tivermos oportunidade de trazer os 2 ( Cleber e Lincon) tragam. Não adimito o Avaí perder o Cleber para o Joinville, uma pela ligação do atleta com nosso time e com a cidade e outra pela dívida que o Flamengo tem com o Avaí que pode ser utilizada na negociação...

Ainda falando em contratações, tenho escutado alguns nomes pela imprensa. Nomes como o Rafinha do metropolitano. Esse lateral é medonho, lento, marca mal, não vai ao fundo, tendo como única qualidade o bom chute, muito pouco para joagar no Avaí. Outro é o Zagueiro Lino, horroroso.  Nossa imprensa analisa de longe alguns jogadors do interior, nesse campeonato semi amador e diz que esse é bom, aquele serve, ... não me venha com rafinha e Linos da vida... chega de jogador lento e pesado na Ressacada.

Finalizando, seria bom analisar a idade de Diego Jardel, camisa 10 do Camburiú, que é de Aguas Mornas. Se for novo, seria um bom investimento, pois deve ser barato, e é um canhoto de boa qualidade técnica e habilidade. Não seria nosso titular no brasileiro, mas poderá compor elenco perfeitamente, com possibilidade real de crescimento profissional.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Toca-lhe o pau! Diego Jardel tem 23 anos, boa pedida, assim com Max do Juventus, apesar já ter 28 anos para compor também serve.

    ResponderExcluir